TV Estadão | 19.05.2015
TV Estadão | 19.05.2015

Sorocaba soma 52,6 mil casos e 31 mortes por causa da dengue

Cidade do interior de São Paulo tem ainda um caso confirmado de chikungunya, doença também transmitida pelo 'Aedes aegypti'

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

27 Maio 2015 | 19h07

SOROCABA - A Secretaria de Saúde de Sorocaba, interior de São Paulo, confirmou nesta quarta-feira, 27, mais três mortes causadas pela dengue, elevando para 31 o número de óbitos confirmados na cidade. Sorocaba tem ainda 11 mortes suspeitas, à espera do resultado de exames. O número de casos confirmados subiu para 52.624, mas a doença está regredindo - foram confirmados apenas 531 novos casos nos últimos sete dias.

Sorocaba tem ainda um caso confirmado chikungunya, doença também transmitida pelo mosquito da dengue, e dois casos suspeitos, à espera de confirmação. 

Idoso. A Secretaria da Saúde de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, interior paulista, confirmou nesta quarta-feira a quinta morte por dengue na cidade. A vítima, um idoso de 83 anos, morador do bairro Santa Hermínia, zona leste, morreu no dia 24 de abril, mas o laudo do Instituto Adolfo Lutz confirmando a causa só chegou no final da tarde de terça-feira. 

A cidade convive com epidemia da doença, com 7.295 casos confirmados este ano. Na região, já são 12 as mortes causadas pela dengue. Segundo a Secretaria, as medidas tomadas para conter o avanço da doença estão dando resultados, pois o número de casos novos está em queda. O atendimento foi reforçado nas unidades de saúde e a prefeitura montou uma tenda exclusiva no estacionamento do Hospital Municipal. Foram contratados 34 médicos aprovados em concurso.

Mais conteúdo sobre:
Sorocaba dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.