Sorocaba tem a primeira morte por dengue hemorrágica

Cidade do interior paulista registrou 132 casos da doença desde o início do ano

José Maria Tomazela,

15 de fevereiro de 2013 | 19h10

SOROCABA - A Secretaria de Saúde de Sorocaba (SP) confirmou nesta sexta-feira a primeira morte por dengue hemorrágica ocorrida na cidade. A vítima, um garoto de 13 anos, morava no Jardim Brasilândia, zona norte da cidade, e estava internada desde o dia 12 com sintomas da doença.

O menino contraiu a doença na própria cidade. Ações de bloqueio já foram realizadas no bairro, segundo a secretaria. A escola em que o adolescente estudava recebeu nebulização.

Desde o início deste ano, Sorocaba teve confirmados 132 casos de dengue, número que é indicador de um surto. Em todo o ano passado, foram confirmados apenas 21 casos. Todas as regiões da cidade já apresentaram casos confirmados de dengue. O risco de uma epidemia levou o prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) a anunciar um plano de contingência para combater a doença.

A estrutura da Defesa Civil, incluindo o Tiro de Guerra, Polícia Militar e Guarda Civil, foi colocada em estado de prontidão. As equipes de detecção e combate aos criadouros do mosquito transmissor foram reforçadas.

Tudo o que sabemos sobre:
denguemorteSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.