EFE/ Joédson Alves
EFE/ Joédson Alves

Sorocaba tem recorde de 159 casos e oito mortes por coronavírus em 1 dia

O recorde diário anterior era de seis mortes, registradas no início do mês. Ao todo, a cidade soma 105 óbitos pela covid-19

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2020 | 20h49

SOROCABA – No mesmo dia em que conseguiu pequena folga na lotação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva, Sorocaba registrou nesta quarta-feira, 24, um novo recorde em número de casos e mortes pela covid-19. Foram oito novos óbitos, elevando o número de mortes para 105. O recorde diário anterior era de seis mortes, registradas no último dia 8. A cidade teve ainda mais 159 casos positivos, chegando a 3.776. Cinco novos leitos de tratamento intensivo para pacientes graves com coronavírus foram abertos na Santa Casa. No último fim de semana, com 100% de lotação em UTIs, a cidade transferiu pacientes para hospitais da Capital.

Conforme a prefeitura, os números da pandemia na cidade continuam em ascensão. O número de pessoas internadas passou para 109, sendo que 34 estão em tratamento intensivo. Há ainda 493 pessoas que se recuperam da doença em casa, em isolamento. A taxa de ocupação dos leitos públicos mantinha-se acima de 90%. Desde segunda-feira, 22, apenas o comércio essencial funciona na cidade. Sorocaba está na faixa laranja do plano estadual de reabertura, mas a prefeitura decidiu retornar, na prática, à faixa vermelha, mais restritiva, devido ao avanço da epidemia.

Em Campinas, foram registrados 17 novos óbitos por coronavírus, nesta quarta, somando um total de 253 mortes confirmadas, além de 33 em investigação. Já o número de pessoas doentes subiu para 6.415, com 406 novos casos. Conforme boletim da prefeitura, 332 pessoas estão internadas, 24 a mais que no dia anterior. Há ainda 1.081 pessoas em isolamento domiciliar – 82 a mais. A cidade está com o comércio não essencial fechado desde segunda, devido ao crescimento no número de casos da covid-19.

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o índice de ocupação de leitos de UTI para pacientes com coronavírus ultrapassou 90% nas redes pública e privada. Das 356 vagas, 321 estavam com doentes. Na rede municipal, a lotação é de 100%. Na terça-feira, foram abertos seis leitos de UTI, mas houve aumento de nove pacientes internados. O avanço do coronavírus não poupou agentes políticos.

O prefeito Jonas Donizette (PSB) e secretários municipais estão sendo monitorados, depois que o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Luiz Augusto Baggio, foi diagnosticado, na terça-feira, 23, com a covid-19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.