SP começa a vacinar crianças menores de 1 ano contra meningite C

Dose contra forma grave da doença será aplicada até dezembro e entrará no calendário do SUS

estadão.com.br

09 Novembro 2010 | 15h12

SÃO PAULO - A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo oferece a partir desta semana, até o final de dezembro, a vacina conjugada contra o meningococo C (causador de uma das formas mais graves de meningite bacteriana) para crianças menores de 1 ano em toda a rede pública de saúde.

Inicialmente, foram imunizados os menores entre 1 ano e 1 ano e 11 meses de idade. Para as crianças abaixo de 1 ano, são necessárias duas doses (aos 3 e aos 5 meses) e uma de reforço quando fizerem o primeiro aniversário.

A partir de janeiro, a vacina contra meningite C entra definitivamente na rotina do calendário de imunização do Sistema Único de Saúde (SUS). Antes dessa medida, a dose estava disponível na rede pública apenas para ações pontuais de controle e bloqueio de surtos.

"Aproximadamente 25% dos casos ocorrem em menores de 2 anos, e a vacina é a melhor forma de proteção contra a doença, com um índice de proteção de mais de 90%", afirma Helena Sato, diretora de Imunização da secretaria.

A dose conjugada contra meningococo C é normalmente bem tolerada e não apresenta reações adversas graves. Apenas crianças com histórico de anafilaxia (alergia imediata e aguda) em dose anterior não devem procurar um posto de atendimento.

Mais conteúdo sobre:
meningite meningococo C SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.