SP convoca 400 mil crianças para vacinação contra o sarampo até sexta

Campanha de vacinação, que terminou na sexta-feira (1), imunizou 2,8 milhões de crianças

estadão.com.br,

05 Julho 2011 | 11h51

São Paulo, 5 - As crianças paulistas de 1 a 6 anos de idade que ainda não tomaram a vacina contra o sarampo podem se dirigir aos postos de saúde de todo o Estado até a próxima sexta-feira, 8, para se protegerem contra a doença.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, durante a campanha de vacinação, entre 18 de junho e 1º de julho, 2,8 milhões de crianças receberam a vacina contra o sarampo, o que corresponde a 83% de cobertura. Para atingir a meta de 95% de crianças vacinadas, restam cerca de 400 mil.

A adesão foi menor nas faixas etárias de 1, 5 e 6 anos, atingindo, respectivamente, 81,3%, 72,9% e 58,66% do grupo a ser imunizado. A vacinação de crianças de 2, 3 e 4 anos de idade atingiu a meta de 95%, mas, mesmo assim, quem ainda não foi imunizado pode ir às salas de vacinação.

Na última sexta-feira, 1º de julho, também terminou a campanha de imunização contra paralisia infantil em todo o Estado de São Paulo. Com a meta de cobertura alcançada, foram vacinadas 2,67 milhões de crianças, entre 0 e 4 anos de idade.

Os postos de saúde abrem de segunda a sexta-feira, das 8 as 17 horas. Na capital a sala de vacinação do Instituto Pasteur, na avenida Paulista, 393, funciona inclusive aos sábados e domingos, das 8 as 20 horas.

Os principais sintomas do sarampo são febre e manchas avermelhadas no corpo, acompanhados ou não de tosse, coriza e conjuntivite. Nesses casos a recomendação é para que a pessoa procure imediatamente um posto de saúde e evite contato desnecessário com outras pessoas até que receba avaliação médica.

Mais conteúdo sobre:
sarampovacinação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.