SP distribui sementes de ipê-amarelo para quem retirar remédio em farmácias

Iniciativa nesta terça-feira comemora o Dia da Árvore e abrange estações de metrô e hospital

estadão.com.br

20 Setembro 2010 | 19h23

SÃO PAULO - Os pacientes que retirarem medicamentos nesta terça-feira, 21, em unidades da farmácia Dose Certa da capital paulista, situadas em locais de grande circulação como estações do metrô, também vão receber sementes de ipê-amarelo. A iniciativa é da Secretaria de Estado da Saúde, por intermédio da Fundação para o Remédio Popular (Furp), em comemoração ao Dia da Árvore.

Ao todo, serão distribuídas cerca de mil sementes para quem retirar remédios gratuitamente nas farmácias das estações Sé, Clínicas e Barra Funda, e no Conjunto Hospitalar do Mandaqui. As sementes serão distribuídas por promotores uniformizados, das 8h às 17h.

Segundo o superintendente da Furp, Rubens Scaff, a iniciativa é importante e conscientiza a população sobre a necessidade de preservar o meio ambiente. "Desenvolvemos ações como essa dentro de nossa instituição e queremos estendê-las aos usuários das farmácias", afirma.

A Furp é o laboratório oficial do governo do Estado de São Paulo, responsável pela produção de medicamentos para distribuição gratuita na rede pública de saúde de todo o Brasil.

Farmácias Dose Certa

As farmácias Dose Certa foram criadas em setembro de 2004 para ampliar o acesso dos paulistanos aos medicamentos do Programa Dose Certa. São 19 unidades na capital, além de uma no município de Cotia - resultado de parceria com a prefeitura local.

Cada unidade conta com um farmacêutico e uma equipe de atendentes treinados para orientar os pacientes sobre o uso correto dos medicamentos. As Farmácias Dose Certa oferecem gratuitamente remédios básicos, como analgésicos, xaropes, pomadas, antibióticos e anti-inflamatórios, mediante apresentação de receita médica emitida pelo SUS.

Uma pesquisa realizada pelo Ibope em janeiro de 2009 aponta que as Farmácias Dose Certa tiveram um índice de aprovação e recomendação de 98%, e 95% da população avalia o atendimento nas unidades como "bom" ou "ótimo".

Serviço:

Estações do metrô:

Barra Funda: Rua Bento Teobaldo Ferraz, 119. Antes das catracas;

Sé: Praça da Sé, s/nº. Depois das catracas;

Clínicas: Avenida Dr. Arnaldo, 555. Antes das catracas;

Complexo Hospitalar do Mandaqui:

Rua Voluntários da Pátria, 4301, Carandiru, zona norte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.