Marcelo Chello/Estadão
Marcelo Chello/Estadão

SP inicia vacinação de idosos com 90 anos ou mais; veja como funciona esquema de imunização

Quem tem mais de 85 poderá ser vacinado contra covid-19 a partir do dia 15

Renata Okumura e João Ker, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2021 | 12h29
Atualizado 05 de fevereiro de 2021 | 16h21

SÃO PAULO - A campanha de vacinação para idosos com 90 anos ou mais contra a covid-19, que estava prevista para iniciar na segunda-feira, 8, foi antecipada e começou nesta sexta-feira, 5, na capital paulista. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), esta fase da vacinação vai imunizar 32.837 residentes da capital nessa faixa etária.

Para facilitar o deslocamento de quem tem restrição de mobilidade, será feita a vacinação domiciliar. Além disso, cinco locais funcionarão no esquema drive-thru, sem necessidade de o idoso sair do carro.

Confira perguntas e respostas sobre a vacinação de idosos

Qual faixa etária pode se vacinar?

A campanha começou nesta sexta-feira para pessoas com 90 anos ou mais, e no próximo dia 15 para quem estiver acima dos 85 anos. O calendário para as demais idades ainda será detalhado. 

Onde posso me vacinar?

O idoso pode ir a uma das 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou a um dos quatro centros-escolas do município, onde receberá a primeira dose da imunização contra a covid-19. A vacinação nesses locais ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Segundo a SMS, 87 unidades da AMA/ UBS Integradas estarão abertas neste sábado, 6.

No dia da vacinação, a pessoa deve apresentar o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), a carteira de vacinação e o Cartão SUS, se tiver

Veja aqui lista com endereço das 468 UBSs e locais onde ficam as 87 unidades da AMA/ UBS Integradas (clique aqui).

Centros-Escolas:

  • Centro Escola Barra Funda - Avenida Dr. Abrahão Ribeiro, 283, na Barra Funda.
  • Centro Escola Vila Mariana - Rua Ambrosina de Macedo, 94, na Vila Mariana.
  • Centro Escola Geraldo de Paula Souza - Avenida Dr. Arnaldo, 925, no Sumaré.
  • Centro Escola Samuel Barnsley Pessoa - Avenida Vital Brasil, 1490, no Butantã.

Como funcionará a vacinação no sistema drive-thru?

Além das UBS e quatro centros-escolas do município, a vacinação também estará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h em cinco locais no esquema drive-thru, sem a necessidade de o idosos sair do carro para ser vacinado. 

  • Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, na região central.
  • Estádio Neo Química Arena (Corinthians), na zona leste.
  • No portão EHN do Autódromo de Interlagos, na zona sul.
  • No pavilhão de exposições do Anhembi, pela entrada na rua Olavo Fontoura, portão 38, na zona norte.
  • Na Igreja Boas Novas, na Rua Marechal Malet, número 611, na Vila Prudente, na região leste.  

Preciso voltar ao posto para tomar a segunda dose da vacina?

Sim. A segunda aplicação em idosos acima dos 90 anos que receberam a primeira dose nesta sexta-feira está programada para começar no próximo dia 20. Antes disso, no dia 10, recebem a segunda aplicação aqueles que participaram da primeira fase, iniciada em 17 de janeiro.

Quem deve fazer o pré-cadastro no site Vacina Já?

Os idosos, seus familiares, ou qualquer pessoa que integre o público previsto na campanha pode realizar o pré-cadastramento para a vacinação contra a covid-19 no site.

A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas contribui para agilizar a dinâmica dos serviços e a rotina da própria população.  

Quem não tem condição de mobilidade, o posto vai até a casa do idoso? 

Sim. Idosos que estiverem acamados receberão a vacina nas próprias residências, por meio do Programa Saúde da Família (PSF). Para todos, é preciso se cadastrar previamente no site Vacina Já (clique aqui). Somente nesse caso é feito o agendamento.

A capital paulista já vacinou 24.171, sendo 14.371 idosos em instituições de longa permanência, como asilos, e 9,8 mil institucionalizados em outros locais. Nesta sexta-feira, foi iniciada a campanha para idosos com 90 anos ou mais. A previsão é aplicar doses em pessoas com mais de 85 anos a partir de 15 de fevereiro. O calendário para as demais idades ainda será detalhado. 

A campanha de imunização contra a covid-19 na capital paulista é realizada de acordo com a disponibilidade das remessas do Ministério da Saúde, seguindo etapas do cronograma e público-alvo da campanha de vacinação do Governo de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.