Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

SP tem 1.015 mortes por coronavírus; taxa de isolamento no Estado é de 54%

Municípios paulistas registram 14.267 casos confirmados da covid-19; taxa ideal de pessoas em casa seria de 70%, segundo o próprio governo

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2020 | 17h17

SÃO PAULO - O número de mortes causadas pelo novo coronavírus no Estado de São Paulo chegou a 1.015 neste domingo, 19. Os óbitos foram comprovados por teste e ocorreram em 93 municípios (das 645 cidades paulistas), dos quais 700 ocorreram na capital, segundo dados da Secretaria da Saúde.

O Estado registra 14.267 casos confirmados da covid-19 em 228 municípios desde a primeira confirmação, há 32 dias. Além disso, entre confirmados e suspeitos, 2.345 pacientes estão na UTI e outros 3.279 permanecem internados em leitos de enfermaria

Entre os municípios com mais mortes confirmadas estão: Guarulhos (28), Osasco (27), São Bernardo do Campo (20), Santos (19) e Santo André (12). Entre as vítimas fatais, estão 599 homens e 416 mulheres. 

Do total de óbitos, 78,7% eram idosos. Fora desse grupo, 114 vítimas tinham de 50 a 59 anos, enquanto o número é de 58 mortes entre pessoas de 40 e 49 anos. Abaixo dessa faixa etária, morreram 33 pacientes entre 30 e 39 anos, outros 8 entre 20 e 29 anos e, ainda, três crianças e adolescentes de 10 a 19 anos.

Ainda segundo a Secretaria Estadual da Saúde, os principais fatores de risco associados às mortes são: cardiopatia (62,9%), diabetes mellitus (42,8%), pneumopatia (14,7%), doença neurológica (12,1%) e doença renal (10,7%). Outros fatores identificados em vítimas foram imunodepressão, obesidade, asma, doenças hematológicas e doenças hepáticas.

Sábado tem taxa de isolamento de 54%

O isolamento social no Estado chegou a 54% no sábado, 18.  O índice é ligeiramente menor do que o registrado há uma semana (no sábado), de 55%, mas é mais alto do que a taxa da sexta-feira, 17, e da quinta-feira, 16, que tiveram 49%. 

A meta do Estado é chegar a 70%. O decreto de quarentena em todos os municípios foi prorrogado e está em vigor até 10 de maio.O índice é analisado a partir de dados de quatro empresas de telefonia móvel. Na capital, o valor é ainda menor, com registro de 53% no sábado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.