SulAmérica leva Saúde Integral a todas as gerações
Conteúdo Patrocinado

SulAmérica leva Saúde Integral a todas as gerações

Para a empresa, que conta com cerca de 7 milhões de clientes, cuidar do físico, do emocional e do financeiro para a busca do bem-estar deve ser uma estratégia cada vez mais inclusiva

SulAmérica Saúde, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

22 de agosto de 2021 | 07h30

A pandemia tem produzido um efeito em onda sobre a sociedade ao trazer de forma indistinta uma série de mudanças de comportamento. Temas como saúde emocional passaram a ter mais relevância para a população, e as novas tecnologias, assimiladas com facilidade pelos jovens, também tomaram conta do dia a dia dos idosos. A preocupação com a saúde, que antes era acentuada entre os mais velhos, avançou sem fazer distinção.

Independentemente da idade, surge hoje uma nova geração composta igualmente por baby boomers, millennials e geração Z que tem em comum as mesmas aspirações para o pós-pandemia: ter um corpo saudável, conquistar bem-estar emocional e se sentir financeiramente segura, num conceito de qualidade de vida.

A SulAmérica trata essas três verticais de forma interdependente. A empresa avalia que não estar bem em um dos pilares do tripé - saúde física, emocional ou financeira – certamente vai gerar um desequilíbrio. Por isso, sua estratégia tem como ponto de partida a Saúde Integral. Agora, a companhia dá mais um passo nessa linha de trabalho ao apresentar a Geração Saúde Integral – da qual fazem parte pessoas de diferentes idades e identidades, mas que têm em comum a busca por uma vida com mais equilíbrio, bem-estar, leveza, valorização da empatia e da sustentabilidade.

“Na pandemia, as pessoas se preocuparam mais com a saúde, mesmo o adulto jovem, que normalmente deixava de lado esse tipo de cuidado. As pessoas, indistintamente, passaram a falar mais e tratar com mais naturalidade, especialmente da saúde emocional”, explica Raquel Imbassahy, superintendente médica e de Gestão de Saúde Populacional da SulAmérica.

CUIDADO COORDENADO

Os números da companhia reforçam a percepção. O público-alvo da SulAmérica, que antes da pandemia se concentrava na faixa etária entre 35 e 54 anos, passou para o intervalo entre 25 e 54 anos – dez anos mais jovem. Diante desse novo momento, a SulAmérica voltou sua estrutura de atendimento para dar suporte e proporcionar a autonomia dos clientes na hora de decidir sobre como ter uma vida mais equilibrada, levando em consideração as condições físicas, emocionais e financeiras por meio de produtos e serviços de Saúde, Odonto, Vida, Previdência e Investimentos.

Uma das frentes de trabalho que vem ganhando força na SulAmérica para garantir a seus beneficiários condições de serem atendidos de forma integral é a área de cuidado coordenado. A plataforma, que hoje conta com aproximadamente 3 mil profissionais de saúde, entre médicos, psicólogos, fonoaudiólogos e nutricionistas, trata as informações de mais de 730 mil clientes em uma única base. Isso permite que os especialistas cuidem de cada paciente de forma integrada.

No cuidado coordenado, um clínico geral pode recomendar a seu paciente o apoio psicológico ou fazer o encaminhamento para um especialista, por exemplo, dentro do mesmo ambiente digital, de forma segura e sempre respeitando a Lei Geral de Proteção de Dados. Enfermeiros, por sua vez, podem atuar nesse acompanhamento da jornada do paciente por meio de orientações sobre datas de exames. “Quando fazemos a conexão entre os profissionais de saúde, possibilitamos que o cliente seja olhado de forma completa. A visão desse programa é ampla e inclui a promoção da saúde, o diagnóstico precoce, o tratamento e os cuidados paliativos”, diz Raquel.

ACOLHIMENTO E TECNOLOGIA

A tecnologia tem sido outra aliada da SulAmérica para garantir o acesso à Saúde Integral mesmo durante a pandemia, que trouxe a necessidade de distanciamento social. De janeiro a julho deste ano, a empresa registrou mais de 780 mil atendimentos, entre médicos, psicólogos e nutricionistas, por meios digitais, como computador e aplicativo – o equivalente a 2,39 consultas por minuto. Também nesses novos canais se percebeu uma adesão tanto entre os jovens quanto entre aqueles clientes mais velhos.

A interface amigável do aplicativo teve um papel importante na sua aceitação. Tanto que o app SulAmérica Saúde, segundo ranking do Google divulgado recentemente, foi o mais bem avaliado pelos usuários entre as empresas do segmento.

Além da telemedicina, o app oferece outras facilidades. Na pandemia, foi desenvolvido um recurso pelo qual o cliente pode fazer a triagem em caso de suspeita de covid com o uso do smartphone para que seja encaminhado com mais agilidade e de forma acolhedora a um pronto-socorro. Hoje, também é possível solicitar o reembolso pelo celular, com um processamento mais rápido graças a uma série de integrações de sistemas.

SULAMÉRICA DIRETO

No movimento de valorização da Saúde Integral, a SulAmérica tem atuado também para democratizar o acesso. Para isso, lançou há cerca de dois anos a linha de produtos SulAmérica Direto. São planos de saúde para PMEs e para profissionais autônomos que podem aderir por meio de entidades de classe, a partir de duas vidas, que dão acesso a redes formadas por hospitais, laboratórios, ambulatórios e clínicas de referência, como Dasa e unidades da Rede D’Or, Rede Mater Dei e Grupo Vera Cruz, entre outros, com alcance regional.

Hoje, o produto já é oferecido em dez regiões, como São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Recife, Joinville e Belo Horizonte (veja todas as cidades em www.sulamericadireto.com.br). Graças a esse novo modelo disruptivo de negócio,  os preços são mais acessíveis, entregando excelente custo/benefício. O modelo tem atraído não apenas PMEs e profissionais autônomos, mas também empresas interessadas em oferecer os produtos da

SulAmérica para toda sua base de funcionários, ampliando também o acesso à saúde suplementar, conta Juliano Tomazela, diretor de Produtos Saúde e Odonto da SulAmérica.

O executivo explica que a empresa viu nesse tipo de produto a oportunidade de atender a uma fatia relevante do mercado, que não tinha acesso ao produto SulAmérica. “No SulAmérica Direto, conseguimos entregar juntamente com nossos parceiros qualidade assistencial, assertividade e resultados que beneficiam 100% a saúde de nossos clientes”, detalha. Para Tomazela, iniciativas como essa permitem à companhia facilitar o acesso a um dos maiores desejos do brasileiro: o plano de saúde.

EQUILÍBRIO FINANCEIRO

Ao mesmo tempo em que oferece recursos para os cuidados com a saúde física e emocional, a SulAmérica tem intensificado os trabalhos para garantir que seus clientes também atinjam o equilíbrio financeiro.

O tema ganhou destaque na vida dos brasileiros desde o início da pandemia por causa das demissões e da redução dos salários. A SulAmérica, que atua nas áreas de Vida, Previdência e Investimentos, ampliou a oferta de produtos e serviços.

Por exemplo, clientes do Vida e Previdência passaram a ter, sem nenhum custo, acesso ao Médico na Tela. Foi lançado ainda o SOSPrev, voltado a quem tem um plano ativo e precisa de ajuda financeira emergencial. Com o produto, clientes de planos de previdência individual têm acesso rápido e fácil a um crédito equivalente a até 50% da reserva previdenciária. Outra iniciativa foi a parceria com a plataforma da Órama, que tem forte viés de educação financeira.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.