Kyodo|Reuters
Kyodo|Reuters

Surto de coronavírus preocupa organizadores das Olimpíadas de Tóquio

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão realizados de 24 de julho a 9 de agosto

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2020 | 04h57

TÓQUIO - A expansão da nova epidemia de coronavírus na China é causa de "extrema" de preocupação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, disse o presidente do comitê organizador, Toshiro Muto, nesta quarta-feira, 5.

"Estamos extremamente preocupados que a propagação da epidemia possa diminuir o interesse e o entusiasmo pelos Jogos", disse Muto em uma reunião do Comitê Paraolímpico Internacional.

"Espero que possa ser erradicado o mais rápido possível. Planejamos cooperar com o Comitê Olímpico Internacional (COI), o Comitê Paralímpico Internacional (CCI), o governo e a cidade de Tóquio para resolver esse problema". Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão realizados de 24 de julho a 9 de agosto e os Jogos Paraolímpicos de 25 de agosto a 6 de setembro.

As autoridades no Japão colocaram os 3.700 passageiros em um navio de cruzeiro em quarentena por 14 dias. Dez casos do novo coronavírus foram detectados entre os repatriados pelo país.

Desde o seu surgimento na cidade de Wuhan, no centro da China, o novo coronavírus 2019-nCoV causou a morte de 490 pessoas entre as mais de 24.000 pessoas infectadas. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.