Telescópio espacial Hubble encontra a quarta lua de Plutão

Cientistas calculam que a lua, denominada P4, tenha entre 13 e 34 quilômetros de diâmetro

estadão.com.br

20 Julho 2011 | 14h40

SÃO PAULO - A Nasa divulgou a descoberta de mais uma lua orbitando Plutão, nesta quarta-feira, 20. A descoberta foi feita enquanto o telescópio espacial Hubble procurava por anéis no planeta anão. Ainda sem nome, a lua está sendo chamada de P4.

Esta é a menor das quatro luas já encontradas, tem um diâmetro estimado entre 13 e 34 quilômetros. A maior lua de Plutão é a Caronte (Charon, em inglês), que tem um diâmetro de 1,043 quilômetros. As outras luas do planeta anão são Nix e Hydra.

"É notável que as câmeras do Hubble nos permita ver objetos tão pequenos com tanta clareza a uma distância de mais de 5 bilhões de quilômetros," disse Mark Showalter, do Instituto SETI, que liderou o programa de observação do Hubble.

A P4 está localizada entre as órbitas das luas Nix e Hydra, descobertas em 2005. Ela foi vista pela primeira vez em uma imagem feita pelo Hubble em 28 de junho. Imagens posteriores, feitas entre 3 e 18 de julho confirmaram a sua existência.

Os cientistas acreditam que o sistema lunar de Plutão tenha se formado por meio de uma colisão do planeta anão e outro planeta de mesmo tamanho no início do sistema solar.

Mais conteúdo sobre:
Plutão lua

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.