Divulgação/ESO
Divulgação/ESO

Telescópio no Chile capta galáxia que gera 'vendaval' no espaço

NGC 4666 fica a cerca de 80 milhões de anos-luz da Terra, e seu vento cobre milhares de anos-luz

estadão.com.br, estadão.com.br

01 Setembro 2010 | 15h28

A galáxia NGC 4666 tem um vigoroso processo de formação de estrelas e produz uma notável "superventania" de gás que flui para o espaço intergaláctico. A imagem ao lado foi produzida em luz visível pelo Observatório Europeu Sul (ESO), baseado no Chile.

 

NGC 4666 fica a cerca de 80 milhões de anos-luz da Terra. A intensa formação de estrelas é atribuída às interações gravitacionais entre esta galáxia e suas vizinhas.

 

Uma combinação de explosões de supernovas e fortes ventos de estrelas de grande massa impulsionam um vasto fluxo de gás para fora da galáxia, o chamado "supervento".

 

O supervento tem uma escala enorme, partindo da região central da galáxia e estendendo-se por dezenas de milhares de anos-luz. 

 

O supervento é extremamente quente e emite radiação principalmente sob a forma de raios X, que não podem ser vistos no espectro da luz visível.

Mais conteúdo sobre:
eso galáxia astronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.