Temporão diz que é preciso integrar políticas de promoção da saúde nos Estados e municípios

Ministro participou da abertura do 2º Seminário sobre a Política Nacional de Promoção da Saúde

Agência Brasil

08 Junho 2010 | 19h34

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse que é preciso avançar na implementação da políticas públicas na área. Para ele, é necessário melhorar a integração de políticas de promoção de saúde nos Estados e municípios.

 

"No papel é fácil, mas cumprir na prática essa integração de políticas em cada Estado e município é um desafio. Depois da criação da Política Nacional de Promoção de Saúde, houve uma evolução nesse quadro porque há mais recursos para executar isso", afirmou o ministro nesta terça-feira, 8, durante abertura do 2º Seminário sobre a Política Nacional de Promoção da Saúde.

 

Segundo o diretor do Departamento de Análise de Situação de Saúde do Ministério da Saúde, a política de promoção tem o objetivo de priorizar ações que melhorem a qualidade de vida da população para combater as causas dos problemas de saúde.

 

"Desde 2006, quando foi implantada a Política Nacional de Promoção de Saúde, o quadro de saúde da população tem mudado. Temos nos focado em alguns fatores de risco, como a falta de hábitos saudáveis para poder evitar problemas futuros", disse Temporão após a abertura do evento.

 

Até esta quinta-feira, 10, o 2º Seminário sobre a Política Nacional de Promoção da Saúde reúne, em Brasília, gestores e coordenadores dos projetos na área financiados pelo Ministério da Saúde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.