Teste em 90 mil na Índia dá negativo para gripe aviária

Cerca de 90 mil pessoas examinadas na área do oeste da Índia atingida pelo vírus H5N1 da gripe aviária não mostraram nenhum sinal de infecção, apesar de muitas delas continuarem em observação, disse o governo. Autoridades sanitárias têm ido de porta em porta para examinar as pessoas em dezenas de vilas nos Estados de Gujarat e Maharashtra, onde os primeiros focos da doença foram registrados na semana passada. Ainda não foram registrados casos de infecção em humanos no país, mas 11 amostras de sangue ainda estão sendo processadas em Nova Délhi. O foco fez com que a demanda de frango, ovos e outros produtos derivados de aves caísse bruscamente, apesar de especialistas afirmarem que não há risco. O H5N1 devastou criações de aves em todo o mundo. Ao menos 94 pessoas morreram em decorrência da doença, a maioria na Ásia, desde 2003.

Agencia Estado,

03 de março de 2006 | 09h18

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.