Testes destacam letal vírus H5N1 em cisne morto na Polônia

Testes feitos num terceiro cisne encontrado morto em Torun, no norte da Polônia, deram positivo para o vírus letal da gripe aviária H5N1, informou a agência de notícias Polish Press Agency, citando o diretor do Instituto Nacional de Veterinária. Ontem, resultados de testes confirmaram que dois outros cisnes encontrados em Torun também haviam contraído o H5N1. O vírus já atingiu países vizinhos, incluindo Alemanha, Rússia, Ucrânia e Eslováquia. Um laboratório do Reino Unido fará exames para confirmar o H5N1 nos cisnes poloneses. Os resultados devem sair em dias. Medidas de precaução foram adotadas na Polônia, entre elas a obrigação de manter os frangos presos dentro num raio de 3 quilômetros dos focos e o controle de qualquer carne que deixe a área. Carros e pessoas estão sendo desinfetados.

Agencia Estado,

07 de março de 2006 | 09h12

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.