Divulgação
Divulgação

Testes indicam sucesso de droga contra câncer de próstata

O tratamento é para o câncer de próstata com metástase, isto é, que se espalhou para outras partes do corpo

AP,

07 Abril 2009 | 16h51

Testes preliminares de uma nova droga para o câncer de próstata revelam algum sucesso, informam pesquisadores. Dos primeiros 30 pacientes tratados com MDV3100, 13 mostraram um declínio de mais de 50% nos níveis sanguíneos que indicam a presença do tumor.

 

No entanto, esses testes estão ainda nos estágios 1 e 2, quando as drogas são examinadas para segurança, efeitos colaterais e primeiros indícios de eficiência. A droga ainda precisa passar pela chamada fase 3 de teste, quando sua eficiência será, de fato, examinada. Só depois disso é que poderá ser apresentada como proposta de tratamento.

 

As descobertas preliminares, obtidas por uma equipe liderada por Charles L. Sawyers, do Centro de Câncer Memorial Sloan-Kettering, em Nova York, são descritas na edição desta semana da revista Science, que circulará na sexta-feira.

 

O tratamento é para o câncer de próstata com metástase, isto é, que se espalhou para outras partes do corpo.

 

Homens com câncer nesse estágio geralmente são tratados com drogas que inibem a atividade dos hormônios masculinos, que pode estimular o tumor a crescer. Mas os tumores podem desenvolver resistência a essas drogas.

 

A nova droga se liga aos receptores de hormônios masculinos, dessa forma preservando a capacidade de combate ao câncer, dizem os autores do estudo.

Mais conteúdo sobre:
câncerpróstatascience

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.