Reuters
Reuters

Texas registra primeiro caso de zika transmitido por mosquito local

Mulher no sul do Estado teve a doença e não havia viajado para qualquer lugar onde possa ter contraído o vírus

O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2016 | 22h09

O governo do Texas, nos Estados Unidos, anunciou nesta segunda-feira, 28, que o Estado registrou o primeiro caso de zika transmitido por um mosquito local. Uma mulher no condado de Cameron, localizado na parte sul do Estado, próximo à fronteira com o México, teve resultado positivo para a doença na semana passada, de acordo com o Departamento de Serviços de Saúde do Texas.

A mulher não havia viajado para o México ou para qualquer outro lugar que possa ter contraído o vírus, segundo as autoridades.

"Nós sabíamos que era questão de tempo até que víssemos um caso de zika transmitido por um mosquito no Texas", disse o médico John Hellerstedt, comissário do departamento de saúde do Estado. "Nós ainda não acreditamos que o vírus se espalhará pelo Texas, mas é possível que haja mais casos. As pessoas precisam se proteger das picadas de mosquitos, especialmente nas partes do Estado que costumam ser relativamente quentes no outono e no inverno", completou.

 

 

O Texas é o terceiro Estado a reportar transmissão local de zika. Um surto da doença em Miami Beach, na Flórida, infectou 238 pessoas. Em Utah, em julho, foi registrado um caso em que um homem contraiu a doença a partir de seu pai, que pegou zika enquanto viajava pelo exterior. Oficiais de saúde disseram que não ficou claro como o homem contraiu a doença de seu pai, que acabou morrendo.

No começo deste mês, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que não estava mais classificando o vírus da zika como uma emergência de saúde pública global e passava a ter uma abordagem de longo prazo no combate à doença. /AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.