Tomates da Flórida são liberados pela FDA para consumo

'É importante que os consumidores saibam que nossos tomates são seguros e deliciosos', disse produtor

Efe

10 de junho de 2008 | 21h30

Os tomates cultivados na Flórida foram declarados como "aptos para o consumo" pela Administração de Remédios e Alimentação dos Estados Unidos (FDA), após o surto de salmonelose em 16 estados do país, disse nesta terça-feira, 10, uma fonte oficial.   O comissário de Agricultura e Serviços ao Consumidor da Flórida, Charles H. Bronson, informou que os tomates do estado foram acrescentados à lista da FDA dos alimentos seguros para serem ingeridos.   "Os cultivadores da Flórida têm um dos programas mais rigorosos de produção de tomates da nação. Eles implementaram os maiores padrões de segurança há anos para garantir ao público a confiança em seu produto", disse Bronson em comunicado.   As autoridades federais anunciaram no sábado passado que um surto de salmonela vinculado ao consumo de tomates crus atingiu 16 estados do país, depois que fossem registrados 56 casos de intoxicação por salmonela no Texas e outros 55 no Novo México.   Os cultivadores da Flórida, o maior estado produtor de tomates dos EUA, fornecerão um certificado em cada envio do produto provando que o produto saiu dessa zona.   Bronson explicou que os cultivadores vendem grande parte de seu produto na Flórida, onde não foi registrada a doença.   Segundo ele, também distribuem seus tomates nos estados do leste e o surto ocorreu no oeste.   "É importante que os consumidores saibam que nossos tomates são seguros e deliciosos. Nossos cultivadores trabalharam duro para garantir a maior segurança de seus produtos", disse Bronson.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtomatessalmonelasaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.