Pixabay
Pixabay

Transmissão ao vivo explica como a matemática pode ajudar a entender a pandemia do novo coronavírus

Live ocorre no Facebook do jornal às 16 horas; perguntas podem ser enviadas por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus no Facebook

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2020 | 12h23

Com a disseminação do novo coronavírus, números como o índice de isolamento, a taxa de infecção e a ocupação dos leitos de UTI passaram a dominar o noticiário e guiar políticas públicas. Mas o que eles significam? Para esclarecer dúvidas sobre a matemática da pandemia, o Estado conversa nesta quinta-feira, 14, com Roberto Kraenkel, doutor em Física pelo Instituto de Física Teórica da UNESP. A transmissão ocorre às 16h, na página do Facebook do jornal.

Os leitores podem participar ao vivo nos comentários e também com o envio prévio das perguntas, que deve ser feito por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus, espaço no Facebook para discussão e troca de informações sobre a pandemia, aberto a todos os leitores do Estadão. 

A entrevista é parte de uma série de transmissões ao vivo sobre temas relacionados à covid-19, que já está em sua oitava semana.

O jornal disponibilizou seus principais conteúdos sobre a epidemia gratuitamente aos leitores que não são assinantes. Foi criado também o Boletim Coronavírus, newsletter aberta a todos com as principais notícias do dia sobre o tema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.