Transplante de rim causa câncer a receptor nos EUA

Homem morreu após decidir manter o órgão que recebeu de uma mulher que teve câncer no útero

Agência Estado

28 Maio 2010 | 17h14

SÃO PAULO - Nos Estados Unidos, um homem morreu após decidir manter um rim que recebeu de uma mulher que teve câncer no útero.

 

Vincent Liew não sabia da doença da doadora antes do transplante e decidiu manter o órgão após seu médico dizer que o risco era pequeno.

 

A viúva de Liew move processo por erro médico contra o Centro Médico Langone, da Universidade de Nova York (NYU), e o júri começou a deliberar sobre o caso nesta quinta-feira, 27.

 

Para o advogado Daniel Buttafuoco, o cirurgião que fez o transplante deveria ter recomendado a remoção imediata do órgão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.