JF Diorio/AE
JF Diorio/AE

Treze Estados e o DF conseguem vacinar 80% contra H1N1

Região Sul foi a única em que todos os Estados superaram a meta definida pelo Ministério da Saúde

Agência Brasil

05 Junho 2010 | 20h50

BRASÍLIA - Das 27 unidades federativas do País, 13 delas e o Distrito Federal conseguiram vacinar 80% do público-alvo na campanha contra a influenza A (H1N1), conforme dados parciais do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. A mobilização nacional terminou na última quarta-feira, 2, com mais de 74,2 milhões de brasileiros imunizados.

 

A Região Sul foi a única em que todos os Estados vacinaram mais de 80% do público-alvo. Na Região Nordeste, dos nove Estados, apenas três alcançaram a cobertura: Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Na Região Centro-Oeste, o alcance foi superior a 80% apenas no Distrito Federal e em Goiás.

 

Nenhum Estado conseguiu cumprir a meta de 80% entre adultos de 30 a 39 anos e crianças de 2 a 5 anos, segundo informações atuais do sistema do governo federal. A expectativa do ministério é aumentar a imunização de crianças contra a gripe suína durante a campanha contra a paralisia infantil, que será realizada no dia 12 de junho. Na data, os menores de 5 anos incompletos poderão ser vacinados contra a poliomielite e o vírus H1N1.

 

O ministério orientou os municípios que não cumpriram as metas estabelecidas a dar continuidade à imunização contra a gripe suína. A ideia é atingir o maior número de pessoas antes do inverno, quando o risco de contrair a doença é maior.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) decidiu manter o alerta de pandemia da influenza A e recomendou que as nações mantenham medidas de controle. Os especialistas do órgão voltam a se reunir em julho para avaliar a incidência da gripe suína no decorrer do inverno no Hemisfério Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.