Trio de astronautas parte para estação espacial

A nave espacial Soyuz partiu em direção à Estação Espacial Internacional na quarta-feira (horário local) com um astronauta russo, um norte-americano e um japonês a bordo.

SHAVKAT RAKHMATULLAYEV, REUTERS

07 Junho 2011 | 20h07

A apertada nave russa vai levar o cosmonauta Sergei Volkov, o japonês Satoshi Furukawa e o astronauta da Nasa Michael Fossum à estação em órbita depois de uma viagem de dois dias a partir das estepes do Cazaquistão.

O jato de propulsão deixou um rastro no céu noturno quando a Soyuz TMA-02M decolou da base Baikonur às 2h12 da madrugada (17h12 de Brasília).

Autoridades no Centro Russo de Controle de Missões, localizado perto de Moscou, parabenizaram a tripulação pelo rádio quando a nave entrou em órbita, minutos depois do lançamento.

"Estamos nos sentido bem", disse Volkov à Terra conforme a nave subia. Além da equipe em roupas espaciais brancas, era possível ver o pequeno porco de brinquedo dado pelo filho de Volkov, chamado Nyusha, que virou mascote. "Tudo está em ordem à bordo".

Fossum, um veterano de dois vôos espaciais de 53 anos, acenou para a câmera. Furukawa, de 47 anos, entrou em órbita pela primeira vez, enquanto Volkov, de 38, segue os passos do seu pai Alexander, que passou mais de um ano no espaço sob a bandeira da União Soviética.

O trio vai passar seis meses na estação, período que vai incluir o acoplamento do ônibus espacial dos EUA Atlantis, que vai ser lançado no dia 8 de julho pela Nasa em sua última missão antes que a frota seja aposentada.

Volkov, Furukawa e Fossum serão recepcionados na chegada -- marcada para quinta-feira -- pelo astronauta da Nasa Ron Garan e pelos russos Andrey Borisenko e Alexander Samokutyayev, que estão na estação desde o mês de abril.

Mais conteúdo sobre:
CIENCIA ASTRONAUTAS SOYUZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.