Tumor de 21 quilos é removido do ovário de uma mulher da Mauritânia

Mulher confundiu antigo tumor com gravidez

Efe

15 Setembro 2010 | 13h13

NOUAKCHOTT - Um tumor de 21 kg foi retirado do ovário de uma mulher mauritana de 30 anos que tinha confundido o tumor com uma gravidez, segundo afirmou à Efe o ginecologista que realizou o procedimento, Sidi Ould Iselmu.

 

A operação foi concluída nesta segunda-feira no hospital Sheikh Zayed, em Nouakchott, e durou uma hora, de acordo com Iselmu, que explicou que esta é a primeira intervenção deste tipo realizada no país.

 

Segundo ele, o mais grave não é o peso do tumor, mas a sua antiguidade no corpo e sua adesão "às paredes do corpo e dos intestinos" da mulher.

 

Esta, de origem rural e mãe de uma criança, confundiu o tumor com uma gravidez e não estava preocupada com a sua evolução até que as parteiras a preveniram ao constatar que o parto não chegava, apesar do grau de inchaço da barriga, também explicou o ginecologista .

 

Ele disse que a operação foi um sucesso e que a mulher está bem, mas ainda é prematuro avaliar o seu estado de saúde antes de um exame mais aprofundado do seu corpo.

Mais conteúdo sobre:
Tumor mulher gravidez

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.