Ubatuba confirma morte de grávida por gripe suína

Gestante de 21 anos estava grávida de sete meses e teve febre no último final de semana

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

14 Agosto 2009 | 09h11

A Vigilância Epidemiológica de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, confirmou nesta sexta-feira, 14, a morte de uma grávida, causada pelo vírus da gripe suína, a primeira na cidade.

 

A gestante, de 21 anos, estava grávida de sete meses e foi internada na Santa Casa da cidade na segunda-feira, 3, e faleceu dois dias depois, no dia 5.

 

Segundo a Vigilância, a vítima teve febre durante o fim de semana e compareceu ao hospital na segunda-feira, já sem febre, mas com contrações e dores no ventre. Devido à gravidez, ela foi internada e durante o período começou a apresentar sintomas da gripe suína.

 

Veja também:

link SP tem dois casos de presos infectados pela gripe suína

link Gripe adia 2ª fase da vacina da pólio

especial Entenda a gripe suína

especial Perguntas e respostas sobre a gripe

 

O resultado do exame do Laboratório Adolfo Lutz foi confirmado nesta quinta-feira, 13, e entregue ao Grupo de Vigilância Epidemiológica de Ubatuba. Nenhum membro da família da vítima apresentou os sintomas da doença.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.