UE poderá financiar pesquisa com células-tronco, sob condições

O Parlamento Europeu aprovou ontem o financiamento de certas pesquisas sobre células-tronco, a despeito da oposição de deputados católicos. A medida consta de uma emenda ao orçamento de pesquisa da UE para o período 2007-2013, que totaliza 50 bilhões, e fixa condições estritas. O dinheiro da União Européia não pode ser aplicado em pesquisas sobre clonagem humana com fins reprodutivos, à modificação de herança genética de seres humanos e à geração de embriões tão-somente para pesquisa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.