Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Uma em cada 4 mulheres com câncer de ovário é fumante ou consome álcool

De acordo com levantamento feito pelo Instituto do Câncer de São Paulo, esses dois fatores podem estar diretamente relacionados ao aumento de riscos para desenvolver a doença

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

13 de dezembro de 2011 | 16h29

Levantamento do Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp) aponta que uma em cada quatro mulheres com câncer de ovário assumiu o consumo de álcool e tabaco.

Segundo a pesquisa realizada com 2.435 pessoas, entre as mulheres atendidas na clínica de ginecologia, 34% apresentam câncer de ovário. Em segundo lugar está o câncer de colo de útero, presente em 26% das pacientes.

Das 824 pacientes com diagnóstico de câncer de ovário, 27% assumem o consumo regular de álcool ou tabaco, fatores que podem estar diretamente relacionados ao aumento de risco para o problema. Além disso, 23% das mulheres são jovens e têm até 45 anos, 27% têm entre 46 e 55 anos, outros 27% entre 56 e 65 anos, e 23% mais de 66 anos.

O que chama a atenção no estudo é o fato de que a proporção na incidência destes dois tipos de cânceres no Instituto é diferente da apresentada pela população em geral, onde o número de casos de tumores de colo de útero é três vezes superior ao de ovário. A explicação para isso pode estar relacionada à complexidade do tratamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.