Unifesp recruta voluntários para pesquisas sobre chocolate e menopausa

Universidade quer testar tratamentos alternativos, com Ômega 3 e medicamento à base de soja

Luciana Vicente, do estadão.com.br

15 Outubro 2010 | 18h52

SÃO PAULO - A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) está recrutando voluntários para duas pesquisas: uma sobre compulsão por chocolate e outra sobre tratamentos alternativos para menopausa.

Para o primeiro estudo, o Departamento de Psicobiologia precisa de pessoas de ambos os sexos, com idade entre 18 e 45 anos e que apresentem compulsão por chocolate. O levantamento está focado em um tratamento alternativo, baseado na ingestão de Ômega 3, pelo período mínimo de dois meses.

O interessado deve ter Índice de Massa Corpórea (IMC) dentro da normalidade - de 18 a 25 -, não usar nenhum tipo de medicamento psicoativo (antidepressivos ou antipsicóticos) nem ter doenças psiquiátricas.

Para o segundo trabalho, o Ambulatório do Climatério estuda um tratamento que combata os sintomas da menopausa, com medicamento à base de soja. As voluntárias devem ter entre 40 e 65 anos, atividade sexual regular e queixas sobre o sexo, esquecimento e perda de memória. É necessário que as mulheres apresentem ausência de menstruação por pelo menos um ano e não tenham utilizado nenhum tipo de terapia hormonal nos últimos três meses.

Quem tiver interesse deve ligar para o telefone (11) 2149-0162, ramal 262, ou (11) 5549-6174, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15 horas.

Mais conteúdo sobre:
chocolate menopausa Unifesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.