Vacina contra 4 tipos de dengue é testada em brasileiros há duas semanas

Pesquisa é parceria entre UFES e Laboratório Sanofi Pasteur; 23 voluntários não tiveram reações

Agência Estado

02 Setembro 2010 | 17h53

SÃO PAULO - Uma vacina contra os quatro tipos de dengue já está em fase de testes em humanos no Brasil há duas semanas, segundo o infectologista Reynaldo Dietze, diretor do Núcleo de Doenças Infecciosas da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), que coordena o estudo.

Segundo ele, a pesquisa é uma parceria entre a universidade e o Laboratório Sanofi Pasteur, acompanhada pelo Ministério da Saúde. Os 23 voluntários que já receberam as doses não apresentaram reações adversas. "Acompanhamos todos eles e nenhum teve reações", afirmou Dietze ao Jornal da Tarde.

Ao todo, 150 pessoas serão submetidas aos testes em Vitória. Depois disso, a vacina será testada em outras capitais, em uma maior quantidade de pessoas. Esse processo deve demorar cerca de um ano e meio. Dietze explicou que a vacina é feita a partir de um vírus vivo modificado geneticamente. "É como se pegássemos o pedaço de um e colocássemos em outro. Isso desliga a patogenicidade do agente e ele não consegue causar a doença", explica.

Segundo o infectologista, se os testes saírem conforme o esperado, a vacina servirá contra todos os tipos de dengue e, após a conclusão dos estudos, a comercialização será discutida entre o laboratório e o Ministério da Saúde. As informações são do Jornal da Tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.