Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Vacinação contra a febre amarela será feita no feriado na capital

Secretaria Municipal de Saúde antecipou em um dia início da aplicação das doses fracionadas em 16 distritos do município de São Paulo

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

22 Janeiro 2018 | 11h27

SÃO PAULO - Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que vão fazer a imunização com a vacina fracionada contra a febre amarela nas zonas leste e sul da capital funcionarão no feriado do aniversário de São Paulo, comemorado neste dia 25, para dar início à campanha de vacinação, que vai durar até o dia 17 de fevereiro.

A campanha foi antecipada em um dia e terá como foco 16 distritos da capital: Cidade Líder, Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio, Parque do Carmo, São Mateus e São Rafael, na zona leste, e Capão Redondo, Cidade Dutra, Grajaú, Jardim São Luís, Pedreira, Socorro e Vila Andrade, na zona sul.

+++ SP registra 36 mortes e 81 casos de febre amarela; reação à vacina mata 3

Segundo a pasta, até o final deste mês, há a meta de iniciar a vacinação em bairros da região central, como Consolação, Liberdade, Santa Cecília e Sé, além de ampliar a campanha na zona sul, atingindo os bairros de Cidade Ademar e Santo Amaro.

A secretaria informou que, desde outubro, quando a vacinação começou na zona norte, 1.335.552 pessoas da região foram imunizadas. Em distritos das zonas sul e oeste, que receberam a campanha preventiva a partir de dezembro, 447.982 e 45.807 pessoas foram vacinadas, respectivamente.

A pasta informou que não há registro de febre amarela silvestre autóctone na capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.