Variantes do vírus H5N1 podem gerar epidemia, diz especialista

Autoridades do Vietnã, um dos países mais afetados pela doença, informaram nova morte nesta quarta-feira, 23

Efe,

23 de janeiro de 2008 | 17h45

Especialistas advertiram nesta quarta-feira, 23, que ainda existe a ameaça de uma epidemia de gripe aviária, causada pelo vírus H5N1 ou por qualquer outra mutação desse organismo infeccioso. "Fala-se muito sobre vacinar a população contra o H5N1 com a ajuda de vacinas. Devemos fazê-lo, mas é muito caro e talvez a pandemia não seja causada pelo H5N1, mas pelos vírus H7, H9 ou H2", afirmou o microbiólogo Albert Osterhaus, do Centro Médico Erasmus, na Holanda. Cerca de 500 cientistas de 40 países participam de uma conferência realizada em Bangcoc para trocar informação sobre as pesquisas que estão sendo realizadas para desenvolver vacinas contra as diferentes variantes da gripe aviária.  Veja também:Indonésia confirma nova infecção humana da gripe aviária Osterhaus, reconhecido na pesquisa contra a doença, disse que além de armazenar vacinas contra o vírus H5N1, também é recomendável que as autoridades sanitárias tenham reservas de outras vacinas para reforçar seu efeito. Durante a conferência internacional organizada pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia da Tailândia, os especialistas estudarão na próxima sexta-feira, 25, outras iniciativas destinadas a prevenir uma eventual epidemia. "Foram adotadas boas medidas para minimizar os riscos, mas os focos de gripe aviária que surgem são uma prova de que não são infalíveis", disse o ministro de Ciência tailandês, Yongyuth Yuthavong, durante o discurso de abertura da conferência. As autoridades sanitárias do Vietnã, que junto com a Indonésia é um dos países mais afetados pela doença, informaram nesta quarta-feira, 23, uma nova morte. No total, já são 48 as pessoas que faleceram no país por causa da gripe aviária. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 219 pessoas morreram no mundo todo de gripe aviária desde que o vírus reapareceu no final de 2003 na China.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe aviária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.