Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Veja mitos e verdades sobre a doação de sangue

Nesta segunda-feira, 25, é celebrado o Dia Nacional do Doador de Sangue; período de festas faz estoques de hemocentros caírem

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2019 | 10h00
Atualizado 25 de novembro de 2019 | 12h11

SÃO PAULO - Nesta segunda-feira, 25, é celebrado o Dia Nacional do Doador de Sangue. Segundo o Ministério da Saúde, a data tem como objetivo agradecer aos doadores de sangue pela ação de doar e busca sensibilizar a população para a importância da ação.

O mês de novembro foi escolhido por preceder um período de estoques baixos nos bancos de sangue.

"A proximidade das férias, de datas comemorativas de fim de ano, carnaval e outros períodos de feriados prolongados torna esse dia especialmente importante para promover o ato solidário e regular da doação de sangue, independente de se conhecer ou não pacientes que necessitam de transfusão", explica o ministério.

Na semana do Dia Nacional do Doador de Sangue, os serviços de hemoterapia de todo o País estão mobilizados em campanhas locais para o fortalecimento da doação de sangue. 

O diretor do Departamento de Hemoterapia do A.C. Camargo Cancer Center, doutor Rafael Colella, ressalta a importância da doação de sangue para o tratamento de pacientes com câncer e explica alguns mitos e verdades sobre o ato.

Confira a seguir:

 

* COM CONSULTORIA DO A.C. CAMARGO CANCER CENTER

Doação de Sangue na Santa Casa de São Paulo

O Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo alerta a população sobre a necessidade em receber urgentemente doações de sangue, pois seu estoque está muito baixo, quase zerado e o número de doações teve uma forte queda, o que preocupa a instituição.

Para doar sangue na Santa Casa, é necessário:                           

  • Apresentar documento oficial de identidade com foto (RG, carteira de trabalho, certificado de reservista ou carteira do conselho profissional).
  • Eestar bem de saúde, ter entre 16 a 69 anos e 11 meses de idade (os menores de idade somente com a autorização dos pais).
  • Pesar no mínimo 50 kg.
  • Vir alimentado, evitando apenas alimentos gordurosos nas últimas 4 horas de antecedem a doação.
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.
Tudo o que sabemos sobre:
doação de sangue

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.