Vinagre pode beneficiar diabéticos, aponta estudo

Consumo ajuda a regular nível de glicose no sangue; deve ser usado como condimento ou para marinar carne

Efe,

18 de dezembro de 2007 | 03h08

O consumo de produtos com vinagre durante a comida ajuda a regular o nível de glicose no sangue, o que poderia beneficiar os diabéticos, segundo estudos realizados por pesquisadores da Universidade do Estado do Arizona (ASU, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. "Para as pessoas que sofrem de diabetes é muito importante manter estável o nível da glicose, daí nosso objetivo de estudar o efeito do vinagre", disse em entrevista, Carol S. Johnston, principal pesquisadora do estudo. Tendo como base estudos nos quais se averiguou o efeito de dietas baixas em carboidratos, Johnston colocou em prática uma referência que escutou há muitos anos sobre como o vinagre ajuda a reduzir o nível de glicose no sangue. "Isto é particularmente importante depois que se consome uma comida com alta dose de carboidratos como o arroz e o macarrão", disse a diretora do departamento de nutrição da ASU. Em três pesquisas separadas e durante um período de três semanas cada uma, 12 pessoas, a metade delas com diabetes tipo 2, se submeteram a uma dieta onde consumiam duas colheres de vinagre. "O resultado foi muito satisfatório, a maioria demonstrou uma redução em seu nível de glicose", disse a pesquisadora, afirmando que o ideal é que as pessoas consumam o vinagre em seus alimentos, seja usando-o como um condimento nas saladas, em molhos e como um ingrediente para marinar a carne. "Também não queremos que as pessoas consumam o vinagre diretamente", disse Johnston. Sustentou que o consumo do vinagre também poderia ser efetivo para pessoas que são propensas a desenvolver diabetes e precisam cuidar de sua alimentação e peso. Quando uma pessoa é diagnosticada com diabetes tipo 2 é porque seu pâncreas deixou de produzir a insulina que o corpo precisa para regularizar naturalmente o nível de glicose no sangue. Alimentação As pessoas que ainda não desenvolveram a doença, mas são propensas devido a seu histórico familiar, podem fazer mudanças na sua alimentação e forma de vida que lhes ajudem a atrasar o desenvolvimento do diabetes. A nutricionista disse que o passo seguinte do estudo é analisar quais são os alimentos com vinagre que poderiam ser de maior benefício, como os pepinos em conservas em vinagre e a mostarda por exemplo. Quando uma pessoa é diagnosticada com diabetes recomenda-se a ela que faça várias mudanças em sua dieta diária para ajudá-la a controlar a doença sem a necessidade de injetar insulina. Estas mudanças algumas vezes são muito difíceis para pessoas acostumadas a comer grandes quantidades de comida com alto conteúdo de gorduras e carboidratos. Apesar dos primeiros resultados terem sido muito positivos, a especialista advertiu que as pessoas não devem deixar de seguir as recomendações de seus médicos. "Embora os primeiros estudos tenham sido muito promissórios, não queremos que as pessoas deixem de tomar seus remédios e começar a tomar vinagre", advertiu. Johnston assinalou que o mais recomendável é seguir as indicações do médico, tomar os remédios receitados, seguir uma dieta balanceada e fazer exercícios.

Tudo o que sabemos sobre:
diabetessaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.