Vírus do herpes simples ativa resposta imune em vez de bloqueá-la, diz estudo

Para autores, conclusões são 'totalmente inesperadas'

Efe,

01 de março de 2012 | 15h22

 O herpes simples não apenas não bloqueia as defesas do organismo como ativa a resposta imune, segundo estudo internacional liderado pelo Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC) da Espanha.

Para os autores da pesquisa, publicada na revista "PLoS Pathogens", as conclusões do estudo são "totalmente inesperadas", já que até agora os cientistas pensavam que o herpes simples atacava o corpo humano, bloqueando as defesas.

O vírus "herpes simples" (HSV, na sigla em inglês) é um dos que mais predominam em humanos e causa doenças que vão de tumores labiais e genitais a encefalites e até mesmo a cegueira.

Conforme o trabalho, um componente do vírus herpes simples, a glicoproteína G, é capaz de potencializar a função de proteínas conhecidas como quimiocinas, que regulam a migração para a infecção dos leucócitos, células encarregadas de defender o corpo humano dos patógenos.

Os resultados questionam os modelos atuais e indicam que "ainda há muito que estudar sobre a modulação do sistema imune aos vírus e as funções desse sistema", afirmou Abel Viejo, primeiro autor do artigo e pesquisador do CSIC no Centro de Biologia Molecular Severo Ochoa.

Tudo o que sabemos sobre:
vírusherpessistema imune

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.