Divulgação/Nasa
Divulgação/Nasa

Voo teste da Nasa com cápsula Orion é bem-sucedido

Demonstração é uma preparação para o voo orbital programado para 2014

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2012 | 10h48

A Nasa (agência especial norte-americana) completou com sucesso na última quarta-feira, 18, um voo com a cápsula Orion. Bem-sucedido, o teste realizado sobre o deserto do Arizona, nos EUA, é uma preparação para o voo orbital teste programado para 2014.

O objetivo é fazer com que a nave leve astronautas para o chamado "espaço profundo", regiões do universo nunca exploradas pelo homem, com segurança no lançamento e no retorno à Terra. A cápsula é a provável sucessora dos ônibus espaciais, aposentados em julho de 2011.

Uma aeronave C-17 levou a versão de teste da Orion até uma altitude de 7.500 metros sobre o Arizona. Depois, a cápsula que imita a original em tamanho e formato desceu à superfície a uma velocidade de 7,62 m/segundo, bem abaixo da velocidade prevista para o pouso, chegando intacta ao deserto.

A principal preocupação dos engenheiros aeroespaciais que trabalham na Orion era verificar se o sistema de pouso, que utiliza cordas para controlar a abertura dos paraquedas, funciona corretamente. O maior temor era que três dos paraquedas principais inflassem ao mesmo tempo caso uma das cordas fosse acionada, o que não ocorreu. 

Olhos para 2014. A Nasa espera lançar uma cápsula Orion do Cabo Canaveral, na Flórida, para a Voo de Exploração Teste-1. Espera-se que, durante a missão, a nave consiga percorrer 15 vezes a distância até a Estação Espacial Internacional (ISS).

Mais conteúdo sobre:
Voo testeOrion

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.