Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Witzel anuncia pelas redes sociais que assinará decreto para renovar isolamento no Rio

Decisão é baseada na avaliação da Organização Mundial da Saúde e autoridades sanitárias

Fábio Grellet/ RIO, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2020 | 18h28

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) reafirmou que nesta segunda-feira vai assinar decreto que renova as medidas restritivas recomendadas pelas autoridades da Saúde para combater a pandemia de coronavírus no Estado. "Amanhã (segunda-feira), 30 de março, assino decreto renovando as medidas restritivas", escreveu o governador em sua conta no Twitter na tarde deste domingo.

"Essa decisão é baseada na avaliação da OMS e das autoridades sanitárias. Não desafie o novo coronavírus. Não siga atitudes impensadas e descoladas da realidade", completou o governador, citando a Organização Mundial da Saúde e fazendo uma possível referência não expressa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que insiste na tese de que só idosos e portadores de doenças crônicas devem ser isolados, e o restante da população deve voltar à rotina. Desde o ano passado, Witzel e Bolsonaro são adversários políticos.

Witzel já havia anunciado que renovaria o decreto atualmente em vigor, que terá validade por mais 15 dias. A medida proíbe o acesso às praias, suspende linhas rodoviárias e aéreas entre o Rio e Estados brasileiros e países onde há casos de covid-19 e interrompe a circulação de linhas de ônibus entre o município do Rio e as cidades vizinhas, entre outras medidas.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.