Wilton Junior / Estadão
Wilton Junior / Estadão

Witzel vai avaliar isolamento social na quinta

As atuais medidas estão em vigor até o dia 30, quando poderão ser parcial ou totalmente renovadas ou flexibilizadas

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2020 | 15h57

RIO — O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), vai se reunir com secretários na próxima quinta, 23, para avaliar o quadro de isolamento social contra o novo coronavírus no Estado. As atuais medidas estão em vigor até o dia 30,  quando poderão ser parcial ou totalmente renovadas ou flexibilizadas. Witzel quer receber informações seguras de seus auxiliares, inclusive com relação aos hospitais de campanha, para analisar uma saída segura e gradual da quarentena. Segundo fonte próxima ao governador, não há ainda nenhuma decisão tomada quanto a esse processo.

Witzel integra a frente formada por governadores, a maioria de oposição ao presidente Jair Bolsonaro, como o tucano João Doria (SP), em defesa das medidas de isolamento social para retardar a contaminação pela doença. A medida é recomendada por médicos e cientistas, para evitar uma sobrecarga nos sistemas de saúde por excesso de pacientes em curto espaço de tempo, o que levaria os hospitais a um colapso. O governador é crítico da postura de Bolsonaro, que defende o rápido fim da quarentena para que a economia não seja prejudicada.

Há duas semanas, ao renovar as medidas, Witzel suspendeu o isolamento em 30 cidades pequenas, do interior, onde não tinham sido registrados casos da doença.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.