Paco Campos/Efe
Paco Campos/Efe

Zapatero defende segurança de verduras espanholas em encontro com Medvedev

Autoridades russas e Comissão Europeia tentam fechar acordo para suspender o veto aos produtos espanhóis

Efe

18 Junho 2011 | 08h38

São Petersburgo - O chefe do Executivo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, defendeu neste sábado, em encontro com o presidente russo, Dmitri Medvedev, a "qualidade" e a "segurança" das verduras espanholas, que, como todos as europeias, foram vetadas na Rússia por temor à infecção de E. coli.

Zapatero já enviara esta mensagem na sexta-feira a Medvedev, com quem compartilhou um jantar privado e que, segundo explicou em entrevista coletiva, se mostrou a favor de levantar o veto "o mais rápido possível".

As autoridades russas alcançaram um pré-acordo com a Comissão Europeia para suspender o veto, mas isso ainda não ocorreu, enquanto o país aguarda o recebimento de determinadas garantias por parte da União Europeia.

Neste sábado, Zapatero voltou a insistir sobre este assunto e ressaltou os "danos" sofridos pelos agricultores espanhóis com a crise gerada na Alemanha.

Mais conteúdo sobre:
bactériainfecçãoE. coli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.