Arquivo pessoal/Silvia Ometto Antoniati
Arquivo pessoal/Silvia Ometto Antoniati

Asilo registra oitava morte de idoso por coronavírus em Piracicaba

Primeiro óbito aconteceu no último dia 23, quando a unidade tinha 82 idosos residentes

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2020 | 12h02

SOROCABA – Subiu para oito o número de mortes causadas pelo coronavírus entre os idosos residentes em um asilo de Piracicaba, no interior de São Paulo. Nesta sexta-feira, 1.º, foi registrada a morte de uma idosa de 76 anos que contraiu o vírus no Lar Betel, onde morava, e estava internada em um hospital da cidade.

O primeiro óbito aconteceu no último dia 23, quando a unidade tinha 82 idosos residentes. Há ainda seis pacientes do asilo internados em hospitais da cidade. O número de mortes pela covid-19 na cidade subiu para 11.

Desde o início do surto, 14 dos 75 funcionários do asilo foram afastados após terem contraído o vírus. Uma equipe da Vigilância Sanitária municipal foi mobilizada para apoiar o grupo médico do asilo nas medidas de contenção do vírus. Idosos residentes e funcionários estão sendo submetidos a testes para detecção do vírus.

A promotoria de Piracicaba do Ministério Público estadual abriu procedimento para apurar as causas do surto e se foram adotadas medidas adequadas para sua contenção. O Lar Betel e a prefeitura já prestaram informações ao MP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.