JF DIORIO/ESTADÃO
JF DIORIO/ESTADÃO

Ceará mantém 100% de ocupação dos leitos de UTI

Quarentena no Estado foi estendida; comércio, bares e restaurantes devem manter as portas fechadas até o dia 5 de maio

Lôrrane Mendonça, especial para O Estado, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2020 | 22h28


FORTALEZA - O Ceará não conseguiu zerar a fila de espera por Unidades de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais que atendem exclusivamente infectados com a covid-19. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informa que, "neste momento há uma ocupação completa dos leitos de UTI". A pasta também afirma que "devem ser ativados mais 36 leitos de UTI" quarta-feira, 22

No domingo, 19, o governador Camilo Santana (PT) informou, pelas redes sociais, que o Estado adquiriu 35 novos respiradores para equipar os leitos do Hospital Leonardo da Vinci, uma das unidades reativadas pelo governo estadual para tratar pacientes com coronavírus. 

O Ceará já havia atingindo a capacidade máxima das UTIs na semana passada. Na sexta-feira, 17, todos os 260 leitos de UTI estavam ocupados por pacientes infectados pela doença e outros 38 aguardando por um leito de terapia intensiva. 

Nesta segunda-feira, 20, o Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas passa a funcionar com um total de 102 leitos para atendimentos de pacientes com o coronavírus vindos de outras unidades de saúde. A estrutura, que seria aberta apenas nesta segunda, começou a receber os doentes no último sábado, 18, quando foi inaugurada. 

Até agora, o Ceará confirma 3.482 casos confirmados de coronavírus e 192 óbitos. Em Fortaleza, são 2.833 pessoas infectadas e 157 mortes. Santana decidiu prorrogar por mais 15 dias o decreto de isolamento social em todo o Ceará, com medidas ainda mais rígidas aos estabelecimentos considerados essenciais, como bancos, farmácias e supermercados. 

Entre as recomendações, está o uso obrigatório de máscaras por todos os funcionários destes estabelecimentos, além de mais rigor nas regras para evitar aglomerações. A medida, que vigora desde o dia 19 de março, segue até o dia 5 de maio. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.